sexta-feira, 29 de julho de 2011

Música para nossos ouvidos.


A orquestra venezuelana sinfônica Simon Bolívar, regida pelo maestro Gustavo Dudamel, considerado por muitos críticos a maior revelação da música erudita recente. Particularmente me agrada a energia, genialidade e brilho com que rege a mencionada orquestra, despertou-me uma paixão pela música erudita, me instigando a buscar mais conhecimento. Além, é claro, de ser uma orquestra latino americana, fato que me agrada muito. Soy loco por ti América Latina.
A Orquestra Sinfónica Simón Bolívar de Venezuela foi fundada por José Antonio Abreu e por um grupo de músicos inspirados pelos ideais de Simón Bolívar. Este trabalho pedagógico reúne muitos jovens venezuelanos, o repertório está entre os mais exigentes, com um grande profissionalismo.
Fez turnês em vários paises Itália, Alemanha, Espanha, Reino Unido, México, Estados Unidos, Finlândia, Áustria, Suíça, Rússia, Suécia, China, Coreia do Sul, Japão, Portugal, Grécia, Canadá, Polônia e Noruega. Participou ainda de festivais famosos como o ibero-americano “Sevilla entre Culturas”, Primavera de Lucerna, Granada, Edinburgo, o Proms da BBC de Londres, Beethoven de Bonn, Fórum Universal das Culturas, “Berlin in Lights”, Casals de Porto Rico, Helsinque e Festival de Salzburgo.
Parabéns ao governo do Presidente Hugo Chávez por financiar música aos nossos ouvidos. Acorda Brasil, nós temos capacidade de produzir cultura de verdade.


Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor: FREITAS, Rafael. Artigo: música para nossos ouvidos. João Pessoa, PB. Publicado 29/07/2011, em: http://www.freitasrafaelufpb.blogspot.com\

terça-feira, 26 de julho de 2011

Poema - Frescor


O frescor da brisa suave em meu rosto
O som das firulas do vento cantando
Movendo as calmas águas de um mar morto
A natureza a sonhar com a vida despertando.

Brisas, ventos, tufões e frescor
Movimentos contidos em correntes de ar
Aliviando as quenturas carnais do amor
Desejando sempre seus ócios matar.

Panos e redes na varanda balançando
Vozes baixas zumbindo a se aventurar
Compassos e descompassos do vento ventando
Soprando sutilmente as labaredas do amar.

Priscila Hirotsu.
O7/2011 #

sexta-feira, 22 de julho de 2011

A Internet a nova caixa de Pandora



O mito de Prometeu e Pandora

Segundo o poeta Hesíodo, Prometeu roubou o fogo e presenteou aos mortais. Zeus Crônida irritado com o deus presenteou a humanidade com Pandora, que foi ornada com toda beleza, riqueza e astúcia por todos os deuses do Olímpio e lhe foi dada uma caixa que quando aberta liberará todos os males, movida pela curiosidade á abriu.
O mito conta que pandora fechou a caixa antes que libertasse um mau maior.

Internet um mal necessário

Sem dúvidas um dos maiores avanços para humanidade foi a Internet, suas vantagens e facilidades impressionam a cada dia, sendo impossível para os dias de hoje viver em um mundo globalizado sem ela.
A comunicação, economia, política e informação giram em torno dessa pequena ferramenta, por isso um mínimo defeito no sistema acarretaria em um grande mal, que afetaria diretamente ou indiretamente a todos nós.
Igualmente ao fogo dado por Prometeu o software desenvolvido pelo MIT é indispensável para nortear a vida civilizada, sem o fogo haveria regresso em nossas vidas e sem Internet ocorreria um retrocesso e paralisação em todos os níveis de conhecimento. Nos vemos cada vez mais dependentes, já que damos responsabilidades cada vez maiores a Internet.

Sedutora e Perigosa

Mais acessível e perigosa, a Internet atrai seguidores de todos os gêneros e idades, por conseqüência ideologias com pensamentos e atitudes convergem confrontando-se diariamente.
Como no plano real, no cyber espaço existem pessoas bem e mal intencionadas que manipulam esse instrumento poderoso com intenções positivas e negativas.
Os crimes digitais vão de um pequeno constrangimento em redes sociais a furtos milionários que ocorrem através da rede.
Não cabem nas estatísticas os números das transações de tráficos ilícitos (drogas, pessoas, produtos, etc...) que ocorreram a cada instante no cyber mundo. Cresce na mesma proporção o contingente de profissionais da criminalidade digital, os crackers. A verdade é que igual ao mito de Pandora, muitas vezes somos movidos pela curiosidade que nos leva a caminhos cheios de armadilhas.
A precaução aliada com a responsabilidade facilita a navegação e impede grande parte dos perigos a que somos expostos. Por fim a caixa fechada por Pandora deixou a esperança em seu fundo, fazemos uma comparação entre a caixa dos presentes e caixa tecnológica que trazem beleza e astúcia, entretanto esconde perigos e infortúnios.

Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
HIROTSU, Priscila. Artigo: A Internet a nova caixa de Pandora. João Pessoa, PB. Publicado 22/07/2011, em: http://www.gerandoletras.blogspot.com\

domingo, 17 de julho de 2011

Poema - Sociedade


Mãos amarradas por correntes a sorrir
Faces mascaradas sem palavras a gritar
Sorrisos embutidos em um rosto a fingir
Olhos destampados cheios d'água a chorar.

Ciclos de costumes divididos por gigantes
Geração a geração moldada para obedecer
Descartável marionete em um mundo de grandes
Inocente produto destinado a perecer.

Vida falseada por um mundo de ilusão
Inútil sociedade de aparência e fingimento
Mundo convencionado de coletivos em solidão
Matérias a voarem carregadas pelo vento.

Priscila Hirotsu.
07/2011#

sexta-feira, 8 de julho de 2011

67 milhões de crianças não têm acesso à educação

A desigualdade social e o acesso ao ensino

No período clássico grego a educação era restrita apenas aos sacerdotes e nobres, e a língua era tida como valor de uso na sociedade, defender a língua e a perspectiva filosófica (a educação) era uma forma de proteção da nação e da sociedade. Infelizmente com as invasões dos bárbaros (povos que não falavam grego) a Grécia foi tomada e sua filosofia resgatada por estudiosos séculos depois, que a estudam até os dias de hoje.
Nas monarquias o estudo também era restrito apenas ao clero e a corte; no feudalismo ouve uma abertura para quem tivesse condições de pagar o ensino, ou seja, os senhores feudais e alguns apadrinhados tinham a oportunidade de serem custeados, entretanto as camadas sociais baixas como escravos e negros não podiam ter o mesmo ensejo; na reforma protestante uma das proposições de Lutero era a tradução da bíblia do latim para as demais línguas, mas a igreja lutou fervorosamente contra, alegando que seria um absurdo pessoas não eclesiásticas terem os mesmos conhecimentos divinos. Atualmente, mesmo com a evolução da sociedade e do pensamento continuamos com uma desigualdade dos tempos clássicos.
No final do sec XIX para o começo do sec XX o mundo passava por uma revolução industrial onde a motricidade e velocidade acompanhava o homem, mas essa velocidade e dinamicidade não chegaram às escolas, muito menos a mesmas oportunidades.
.O que vemos é que a educação está restrita apenas a quem tem status social e que só se tem o status se tiver educação... Será que hoje em dia avançamos rumo à igualdade?
Segundo a ONU 67 milhões de crianças são privadas da educação no mundo. É difícil de imaginar sobreviver em mundo grafocentrico, onde não só as palavras mais também os diversos tipo de conhecimentos cognitivos são usados diariamente para tentar acompanhar o mundo globalizado.
As crianças não são as únicas afetadas pelos problemas de acesso à educação, 17% dos adultos de todo o mundo, são analfabetas, e deste percentual dois terços são mulheres. Esta diferença de gênero é ainda notada na atualidade entre as crianças. Conforme o Ecosoc, se a paridade de gênero tivesse sido alcançada em 2008, 3,6 milhões de meninas mais teriam assistido à escola.

Os países mais ricos investem mais em armas que em educação

Com o sistema republicano em que vivemos, cabe ao estado oferecer a população educação, que deveria ser pública, gratuita e de qualidade, já que em forma de impostos pagamos indiretamente por ela. Como citamos a cima o acesso ao ensino acaba por ter consequências libertadoras e indutivas à ancessão social, visto que a educação gera uma visão de mundo diferenciada dos demais e melhora todos os aspectos cognitivos.
“A caçada a Osama bin Laden levou quase 10 anos – precisamente 3.519 dias – e custou aos cofres norte-americanos US$ 1,283 trilhão, o que corresponde a um gasto diário de aproximadamente US$ 364,5 milhões, com duas guerras – no Iraque e no Afeganistão –, além de outros custos com defesa. Na administração George W. Bush e Barack Obama, o governo gasta, por hora, R$ 15,2 milhões em guerras”. (Itamaraty).
O Brasil teve um PIB (Produto Interno Bruto) de R$ 3,675 trilhões em 2010, desse valor foram investidos 4,7% (R$ 140 bi), o maior valor da história no setor da educação, entretanto foram gastos 39,6% do PIB para pagar a divida publica nesse mesmo ano.

Quem são as 67mi de crianças que não estudam?

Como era de se imaginar a maior proporção de analfabetos e de evasão escolar encontra-se nos paises mais pobres e em zonas de guerra. Fatores como acessibilidade, a falta de estrutura e principalmente a pobreza extrema contribuem para agravar ainda mais a situação. È difícil de imaginar viver em um país em que situações mínimas de alimentação e habitação são cotidianas, pensar em ensino e formação superior é uma ilusão longe.
Além disso, nos países menos desenvolvidos, 195 milhões de crianças menores de cinco anos - uma em cada três - sofrem de desnutrição, o que causa danos irreversíveis ao desenvolvimento cognitivo.
O relatório analisa ainda a maneira na qual as guerras afetam à escolarização das crianças, já que na última década 35 países sofreram com conflitos armados com duração média - nos países mais pobres - de 12 anos. Nesse período, 28 milhões de crianças - 42% do total - foram obrigadas a abandonar a escola primária por causa dos conflitos, responsáveis pela destruição de escolas e que transformam em muito perigosos os caminhos até as escolas.
Por exemplo, no Afeganistão foram registrados ao menos 613 ataques as escolas em 2009; na Tailândia 63 estudantes e 24 professores foram assassinados ou feridos entre 2008 e 2009, e, na República Democrática do Congo, um terço das violações ocorreu contra meninas, das quais 13% são menores de dez anos.
De um modo otimista e platônico poderíamos imaginar os investimentos em guerras e instrumentos bélicos investidos em ajudar o desenvolvimento dos povos, na cooperatividade dos países.


Fontes:
Conselho Econômico e Social da ONU (Ecosoc)
MEC/Inep.
Veja, 10 de agosto de 2010.


Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
HIROTSU, Priscila. Artigo: A desigualdade social e o acesso ao ensino. João Pessoa, PB. Publicado 08/07/2011, em: http://www.gerandoletras.blogspot.com\

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Poema - Cronologia

Ah! Tempo ingrato!
Horas que passam sem fim
Os séculos que para te passam
Segundos grafados em mim.

Descansa Relógio!
É hora de parar
Se um dia tudo começa
Um dia têm que acabar.

Para que contar o futuro?
Se o presente o tempo desfaz
Para te o infinito é curto
E morte para mim traz.

Continuar a medir não compensa...
Ficará um dia sozinho a contar
Minha morte será tua sentença
Sem ninguém para medir o tempo irá se findar.


Priscila Hirotsu.
07/2011#

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Poema - Satanás


Até onde vai seu limite?
Será ele me ver?
Vou arriscar dar um palpite
Quem controla não se conforma em perder.

Escapar aos seus olhos não se pode
Vestido de ar sempre está presente
Em forma de luz e riqueza de lorde
Semeando maldade, regando diabolicamente.

Olhando-me de cima, aprisiona-me em guerra
Estando em baixo rir de minha fome
Felicidade feita ao ver minha miséria
Vendo-me animal na figura de um homem.

Loucura explicita estampa em meu rosto
Angustia transfigurada em crime, me faz cometer.
Minhas lúcidas mãos gerando angustia e desgosto
Vida toda marcada e tormento eterno ao morrer.


Priscila Hirotsu.
07/2011 #

segunda-feira, 4 de julho de 2011

O Pensamento Dicotômico de Saussure


Entre os anos 1907 e 1910 o suíço Ferdinand Saussure deu cursos na Universidade de Genebra, na Suíça. Alguns de seus alunos tomaram notas de seus estudos ministrados e em 1916 publicaram O Curso de Lingüística Geral. Saussure morreu em 1913, portanto sendo uma obra póstuma. A partir daí configurou-se uma visão de linguística, com um novo objeto de estudo e uma serie de parâmetros que ajudam a compreender as relações lingüísticas e norteiam o pesquisador. Vou esboçar uma introdução a uma questão relevante, que é o pensamento dicotômico saussuriano e uma breve explanação sobre a arbitrariedade do signo.

Dicotomia é divisão de um conceito em duas partes. 

Língua e Fala

Saussure trouxe uma nova abordagem que é justamente o de Fala (Parole) e Língua (lange).
Língua: É abstrata e coletiva, o conjunto de atos comunicativos usados por uma sociedade. Por exemplo: A língua adotada no Brasil, que o português.

Fala: É concreta, individual e sujeito a mudanças e variações devido a sua dinamicidade. Por exemplo: O português falado no Brasil.

Significado e Significante

O signo linguistico é formado pelo significado e o significante.

Significante è a estrutura e a forma da palavra; ou seja; è a corrente acústica que è diferente de som. Ex: |FLOR|

Significado é conceito. Ex: vegetal, verde, planta.

Arbitrariedade do Signo
A união entre significado e significante é arbitraria, ou seja, o signo linguistico é arbitrário: A idéia de “PÉ” não está ligada por nenhuma relação com a corrente de sons |P|+|È| que lhe serve de significante.
Por isso que pode ser chamado no português de “Rua”, no espanhol é chamado de “Ventana” ou no inglês “Street”.
São diferentes formas de significantes para o mesmo significado.
Quanto existe relação entre significante e significado dar-se o nome de signo motivado.
Ex: dezenove, que igual a união de dois signos dez e nove.
Saussure refere-se que existe uma convenção inerente entre o significado e o significante.

Linearidade

Sincronia: Quando o estudo da língua é feito em um dado momento histórico, compreende ao eixo da simultaneidade.

Diacronia: Quando o estudo da língua é feito através dos tempos, eixo da sucessividade.

Paradigma e Sintagma

Sintagma: È a relação de associação das unidades de uma língua, em estruturas lineares. O caráter linear do signo exclui a possibilidade de pronunciar duas unidades ao mesmo tempo.
Ex: Mala\Bala

Paradigma: Coloca as unidades para se opor umas as outras e tem seu significado alterado quando trocado.
Ex: hoje comi maça.
Ontem comi maçã.



Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
HIROTSU, Priscila. Artigo: O Pensamento Dicotômico de Saussure. João Pessoa, PB. Publicado 04/07/2011 em: http://gerandoletras.blogspot.com/


domingo, 3 de julho de 2011

Conversa Produtiva: Esquerda e Direita


 Uma amigo de direita ao analisar algumas fotos e charges (algumas delas postada na matéria) não conseguiu se indiguinar com fatos concretos e reais que acontecem diariamente pela potência Americana, mas que isso ele é indiferente e argumenta que esta é a melhor realidade que podemos ter!
SIM, NÓS PODEMOS SER MAIS QUE ISSO!!

Com todos os seus defeitos nos eua existe democracia e liberdade, ao contrario das nações socialistas onde o povo nao tem direito nem de escolher a roupa que veste!
Democracia para quem? Com dois partidos da burguesia, que recebem bilhões em suas campanhas eleitorais, o lobby transforma um senado num balcão de negócios quem decide é quem paga mais, eu quero saber se um trabalhador que ganha alguns salários têm condições de concorrer as eleições da democracia americana sem se vender, para ter as condições de fazer sua propaganda nas televisões privadas.
Liberdade? Você tem que tirar até passaporte para viajar de um estado para outro naquele país, além do “ato patriota” permitir que invadam a sua casa, escutem suas ligações telefônicas, vasculhem seus email, sem autorização judicial. Os EUA dizem que sua democracia é para todos, mas isto de fato não existe, é democracia para uma minoria, a burguesia. Os comunistas sempre disseram que a democracia é para os trabalhadores, burguês e rico não tem liberdade alguma no socialismo. Apesar de o voto não ser obrigatório em Cuba, 97% da população comparece as urnas, nos EUA onde o voto também não é obrigatório apenas 39% votam nas eleições onde Bush, obteve 47,87%, contra 48,38% do candidato democrata, Al Gore, que mesmo com 500 mil votos a mais ficou longe da Casa Branca, veja como é falsa esta dita “democracia” o povo escolhe e a burguesia veta, ta explicada a falta de comparecimento às urnas.

A primeira foto Livre Mercado; o que tem a ver o fato de um cidadão de bem ter o direito de investir o dinheiro que ele quer no que ele quer? Quer dizer que a união soviética onde o mercado era fechado eles não atacavam países inocentes, sendo que na Polônia eles mataram mais gente SEM ARMAS do que todas as casualidades causadas não só pelos EUA como todas as outras nações do mundo em qualquer outra época?
Cidadão de bem? Mercenário! Não tem problema nenhum em investir dinheiro onde ele quiser, o problema é o governo americano dizer que invade países, mata e tortura para implantar democracia, se fossem homens diriam: estamos invadindo para vender armas, tecnologia, roubar petróleo abrir mercador para seus produtos a força, e gerar lucros para seus acionistas. Coréia do norte (3,5 milhões), Vietnã (2,5 milhões de civis) Iraque (250. 000 mil), Afeganistão (109.000 mil), Hiroshima e Nagasaki (200. 000 mil aproximadamente), Líbia, Guerra do Golfo, Nicarágua, Bósnia, Iugoslava, Somália, esta é a soma de apenas uma parte das mortes causadas pelos EUA a soma de é astronômica, só a Inglaterra matou mais de 20 milhões na colonização da Índia, não vou nem citar a China, a guerra do ópio, e todas as outras colônias na África, ta comprovado, que quem mais matou seres humanos foram os capitalistas em especial os EUA.
Na URSS houve mortes, os comunistas não negam, porém lembre-se que URSS estava em revolução, acho que você esqueceu da revolução burguesa na França, onde a burguesia hoje no poder estava em revolução, decapitarão a todos da oposição, de quem eles não gostavam mandavam cortar a cabeça. Nas ruas e feiras da França encontravam cabeças cortadas em cada esquina. Era revolução a monarquia não queria deixar o poder.

Se os EUA tratam mal a sua população carcerária, mas o campeão de violação dos direitos humanos nas Américas é cuba, duvida? Pesquise!
Pesquise mesmo, entra no site na ONU ta aí: www.onu.com, vai na barra sobre direitos humanos, e lê, lê é importante, pesquisar e analisar, você vai ver que o único crime que consta sobre os direitos humanos em Genebra, contra Cuba são chamados “presos de consciência”, são homens que recebem dinheiro dos EUA para agir contra a revolução e estão presos. Contra os EUA consta, tortura, prisões sem julgamento, genocídio, execuções sem julgamento, invasão de paises com falsos pretextos, desigualdade entre homens e mulheres nos EUA, descriminação racial, todos comprovados, inclusive o bloqueio econômico a Cuba é considerado crime contra a humanidade por todos os paises da ONU, menos EUA, Israel e Arábia Saudita. Antes de Falar sobre direitos humanos vai no Site da ONU e para de debater com base no noticiário da GLOBO.

A oitava foto mostra obama agradecendo um nerd pela foto photoshopada de bin ladden morto, mas primeiro a foto nem foi divulgada e segundo qualquer merda que obama ou todo seu partido fizer aos EUA, ele é de esquerda tambem logo é farinha do mesmo saco.
 Se você não assistiu o noticiário no dia da morte de bin ladden, eu assisti, acordei 06:00hs e todos os noticiários estavam divulgando uma foto de bin ladden morto, que diziam era oficial, depois desmentiram, e assim foi com a história, a cada instante o relato da operação mudava, não vão ousar mostrar mais nenhuma foto nem vídeo porque sabem que foi uma farsa, e qualquer pessoa que entenda de edição conseguiria desmentir. Você precisa se aprofundar mais em ideologia, porque dizer que Obama é de esquerda é não saber nada sobre sistemas políticos, nos EUA só existe direita e extrema direita, aliás Obama não mudou nada da política de bush, só aprofundou a crise.


Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
HIROTSU, Priscila. Artigo de opinião:Conversa Produtiva: Esquerda e Direita . João Pessoa, PB. Publicado 03/07/2011 em: http://www.gerandoletras.blogspot.com\