terça-feira, 16 de agosto de 2011

Genocídio das Guerras e o Genocídio da Miséria


         O Grito de Fome de Mais de 1bilhão de Miseráveis

O ser humano tem por característica inata a de viver em sociedade e ajudar-se entre si, causa espanto termos mais de Um bilhão de miseráveis no mundo, pessoas que não tem acesso a educação, saneamento básico, habitação e alimento. Podemos dizer que essas pessoas não têm o direito à vida, ao contrário a cada dia se vêem cada vez mais mortas e sem perspectivas, onde não há políticas públicas e se tem um sistema de globalização que vira as costas ao seu próximo.
Segundo a FAO (órgão para alimentação e agricultura, da Organização das Nações Unidas) diz que a cada 3 segundos uma pessoa morre de fome no mundo, dado alarmante que deixa a maioria das pessoas indignadas, no entanto, as relações humanas estão tão distantes de nós que recebemos as estatísticas passivamente, como mais um levantamento de explicações sistemáticas de dados. È difícil de pensar em morte por falta de comida, já que mais de 1,3 bilhões de toneladas alimentos produzidos no mundo é desperdiçada.
Infelizmente o poder de acabar com a fome mundial não está nas mãos da maioria da população, está nas mãos de uma minoria de pessoas que detêm para si as terras, as indústrias, as fábricas, os produtos e bens de consumo. Toneladas de alimentos vencidos são jogadas das prateleiras de super mercados diariamente, graças um sistema econômico que visa à acumulação do capital, mesmo que o preço do lucro seja a morte e miséria de bilhões.

Genocídio das Guerras e o Genocídio da Miséria

A palavra genocídio está cada vez mais popular. Genocídio é um crime contra humanidade, que constitui o intuito de destruir, total ou parcialmente, um grupo nacional, étnico, racial ou religioso, cometendo qualquer dano físico ou psicológico aos mesmos. È incontestável os danos que as lutas armadas podem trazer, no entanto, por prioridades econômicas países ricos aplicam trilhões de dólares em armamento bélicos e investimentos relacionados a guerras. (*) O maior dos responsáveis pelo aumento do índice global de despesas militares são os Estados Unidos. Na última década, o país teve um crescimento de 81% com os gastos na área, e atingiu US$ 698 bilhões em 2010. A caçada a Osama Bin Laden custou aos norte americanos US$ 1, 283 trilhão.
Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), com base de dados de 2009, apontou a existência de um milhão de pernambucanos vivendo na pobreza extrema, com renda de até R$ 70 mensais. Grande parte concentrada na área urbana. Em 2001, Pernambuco contava com 1,8 milhões de miseráveis. Dados que continuara a crescer em Pernambuco e em todos os estados brasileiros.
Ao mesmo passo que acontece um verdadeiro genocídio financiado pelos países mais ricos, bilhões de miseráveis dão um grito de fome em busca de serem escutados no Brasil e no mundo. Sem a liberação das terras para os campesinos, a abertura das fábricas e dos meios de produção, jamais conseguiremos ter uma sociedade justa. Fome e pobreza nos rodeiam fechar os olhos para absurdos como esses não são a solução.


Fontes:

FAO – ONU
IBGE
IPEA


Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
HIROTSU, Priscila. Artigo: Genocídio das Gerras e o Genocídio da Miséria. João Pessoa, PB. Publicado 11/09/2011, em: http://www.gerandoletras.blogspot.com\

Nenhum comentário:

Postar um comentário