quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Poema - Ao Poeta

Um poeta me chamou pelo nome
disse-me palavras de mel
encostando seu corpo sob meu corpo
colhendo flores em meu jardim.
Desenhou-me o céu e o voo comigo
sorriu ofegante no calor dos meus braços
e flutuou entre fluidos e flores
olhou em meus olhos e viu o mar
mergulhou em águas frescas e calmas
escreveu-me um poema e entregou-se em chamas.

Priscila Hirotsu.
O9/2011 #

Nenhum comentário:

Postar um comentário