quinta-feira, 8 de setembro de 2011

A história da humanidade é uma história de violência e sexo



(É interessante ampliar a imagem para ver todos os detalhes)

Poema - Prazer nas estrelas


Mundos descobertos entre cosmos de malícia
Fluídos estrelares de gozo e ardor
Corpos entrelaçados em libidos e carícias
Sexos amarrados em prazer por amor.

Sonhando acordada viajo em teus braços
Por mundos invisíveis transcendo por tuas mãos
Excitação minha despertada por um simples abraço
Guiada sem rumo por olhos cegos de paixão.

Galáxias exploradas em cada curva do teu corpo
Dimensões abertas me fazem te querer mais
Viagens elucidadas em teu universo deixam-me louco
Libertinagem grande para um infinito pequeno de mais.


Priscila Hirotsu
09/2011 #