sábado, 1 de outubro de 2011

O olhar pedagógico

            
Ver é uma capacidade física, entretanto, cada olhar é diferente uns dos outros. Nem todos aqueles são capazes de ver têm a habilidade de enxergar aquilo que está em sua volta, de sensibilizar-se com o próximo ou de simplesmente enxergar a si mesmo. A nossa capacidade de percepção é inata, mas pouco praticada em nossa sociedade, mesmo os deficientes visuais conseguem ter esse “olhar” que muitas vezes é negado por aqueles que têm plenas condições físicas do globo ocular. A negação perante o que vemos é o que tornar banal os absurdos vividos pela sociedade nos dias de hoje.
            Quem exerce magistério precisa ter um olhar pedagógico, que não é diferente de todos os outros tipos de olhares existentes e de seus respectivos conceitos, que de modo geral nos leva a perceber e entender o significado do mundo externo e através disso crescer cada vez mais e atribuir maneiras melhores para contribuir com o desenvolvimento da nossa educação. O professor não pode negar esse olhar aos seus alunos, além de ensinar enciclopedicamente, ter o zelo de ensinar práticas de sensibilidade crítica, que vem através de um olhar crítico.
            O olhar pedagógico nos inspira a ver com olhos de alguém que é capaz de observar além de um mundo físico. Ser capaz de identificar o que se passa com o alunado para além da sala de aula, resolver não apenas questões didáticas, como também questões afetivas e morais, sendo uma preocupação que é incondicional aos parâmetros de um bom olhar pedagógico. Educar é cuidar. É preciso que formemos estudantes que consigam ver além do mito da caverna de Platão, que enxerguem as apareciam, mas também que distingam o real e do fictício.
Pensar e agir de modo crítico realmente não é fácil, ver o que está em nosso redor também faz parte das feições naturais humanas, é necessário um exercício diário de práticas de sensibilidade ao próximo, para despertar esse sentimento adormecido. Transmitir essa preocupação deve nortear a didática do profissional educador, assim através de uma simples aula, podemos inserir ao nosso meio o olhar ao próximo e o cuidado que devemos ter com tudo que está em nossa volta.

"O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano.”
Isaac Newton.


Ao usar este artigo, mantenha os links e faça referência ao autor:
HIROTSU, Priscila. Artigo: O olhar pedagógico. João Pessoa, PB. Publicado 01/10/2011, em: http://www.gerandoletras.blogspot.com\